Como podes resolver os teus problemas HOJE

Alguns problemas são mais complicados do que outros, mesmo assim, os nossos problemas parecem sempre serem muito mais difíceis de resolver. Mas antes de pensarmos nas soluções ideais para os nossos problema...


...temos que pensar o que é realmente um problema.

Um problema é no fundo tudo aquilo que é MUITO difícil de resolver. E quando algo nos parece demasiado complexo, o nosso instinto diz-nos para evitar, para fugir, para desistir! 

Mas quanto mais o evitarmos, maior ele ficará e mais difícil será resolvê-lo.

Porque será que temos medo de resolver ESSE problema? Quando temos um problema o nosso foco vai automaticamente para a parte negativa, para as dificuldades que podemos sentir ao tentar resolver o problema em vez de nos focarmos na solução certa para ele.

Tens duas opções:
  • Ou ignoras que ele existe e continuas a evitá-lo
  • Ou olhas para o problema como uma oportunidade que tens na tua vida


Temos que ser estratégicos e sair da nossa zona de conforto. Temos que olhar os problemas de frente com coragem, interpretá-los, entendê-los e só assim conseguiremos encontrar a solução para o nosso problema.

Contudo, as soluções não surgem milagrosamente!

Temos que parar para pensar no que é realmente o nosso problema actual, pois só tendo consciência do que nos preocupa, é que conseguiremos encontrar uma solução que nos faça agir - livrar deste peso que tantas vezes transportamos e que vamos adiando a sua resolução.


Deixo-vos aqui algumas 5 dicas para resolverem os vossos problemas HOJE, sejam eles de que área forem:

1 - Dá nome aos teus problemas
Escreve quais são os teus problemas actuais, de forma simples. Mas atenção, não escrevas e tentes resolver todos os problemas de uma vez, desta forma poderás sentir-te bastante ansioso/a ao veres uma grande lista de coisas para resolver e nada ficará resolvido. Escreve e tenta resolver apenas um problema de cada vez.

2 - Descreve os teus problemas
Detalhadamente escreve o que são esses problemas, assim iremos descobrir a raiz dele. Ás vezes sentimos que temos um grande problema e normalmente é porque dentro dele estão pequenos problemas que fazem torna-lo assim tão grande. Quanto melhor descreveres cada problema, melhor entenderás o que são e a razão para existirem.

3 - Define prioridades
Depois de identificares e descreveres todos os problemas, é importante que cries prioridades para os resolveres. Para esta etapa, sugiro que utilizes a ferramenta GUT, no final de a utilizares soma as pontuações e coloca os problemas pela ordem de prioridade que te calhou.



4 - Faz uma lista de soluções Lista novas soluções possíveis ou até algumas que já tenhas antes pensado ou colocado em prática com problemas idênticos. Também existem sempre pessoas que já passaram pelo mesmo e normalmente essas pessoas até estão à nossa volta. Ás vezes pedir ajuda acaba por ser a solução do nosso problema. Nem sempre as soluções são tão complicadas como inicialmente podem parecer ser. Ao errarmos também aprendemos se estivermos dispostos a ter essa aprendizagem. Procura por isso dentro de ti, soluções que possam fazer sentido. Certamente já resolveste na tua vida mais que um problema, porque não usares essa aprendizagem para resolveres o problema que tens actualmente?

5 - Faz uma lista de desculpas

Faz uma lista de todas as desculpas que tens e que te podem estar a impedir de resolveres os teus problemas. Todos as temos, elas servem para nos proteger de algo. Existem verdades absolutas que temos e que nos limitam, as desculpas só servem para destruírem os nossos sonhos por isso é importante que tenhamos noção de quais elas são e de como as podemos desconstruir, para que elas não nos impeçam de criar soluções eficazes. Que dor sentes por teres essas desculpas? Lista o que tens perdido por as alimentares mas lista também o que ganharás ao eliminares essas desculpas da tua vida. Pára de focar a tua energia nas desculpas e foca sim nas soluções que precisas ter para resolver os teus problemas.






Foca toda a tua energia na solução do teu problema, pois toda a energia que usas para criar desculpas ou para fugires de problemas, são não só um verdadeiro desperdício de energia como de tempo. 

Faz mais por ti!

2 comentários :

  1. Este post poderia ser um óptimo tópico para o #desafio21dias21diretos.
    Gostei sobretudo da tabela das prioridades. Muito esclarecedora e sintética.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, já estou a pensar nesse + desafio ;)
      Beijinhos

      Eliminar