O meu aniversário | 28


Independentemente de me darem sempre menos idade devido à minha "aparência de menina", na realidade eu sou de 1990...tenho 28 anos!!!

E de repente chego aos VINTE E OITO anos!

Não sei se tenho algum/a leitor/a que vai fazer também 28 anos, ou que já fez e até já passou por este marco, o meu momento é agora! Mas embora sinta que é um marco importante de crescimento pessoal, não está a ser 100% fácil lidar com esta "mudança".


Para verem a "gravidade" deste ano, dei por mim a pesquisar sobre "fazer 28 anos", porque pela primeira vez sentia algo diferente (e pelos vistos não era por acaso), descobri que na metodologia do Trabalho Biográfico dividimos a vida em períodos de sete anos, que chamamos Setênios.


Cada passagem de setênio é marcada por acontecimentos que levam a vida para uma direção diferente e sejam internos ou externos, esses acontecimentos provocam crises na nossa existência. Pelos vistos, é agora por volta dos 28 anos, que se vive a chamada "Crise dos Talentos".

21 a 28 anos: experimentar o mundo e a mim mesmo
28 a 35 anos: juntando a razão e o coração


E porque será que ficamos tão pensativos quanto à idade que vamos fazer? Pode ser por alguém que te disse algo, um livro que leste, um filme que viste, enfim...não interessa tanto a origem porque podem ser imensas, importa sim que algo tão simples pode desencadear sérios e intensos questionamentos sobre o que fazer com a nossa vida.

Tal como quando começa um novo ano, quando completamos mais um aniversário, acabamos por reflectir sobre o nosso estado actual... onde estamos, onde gostaríamos de estar, no fundo reavaliamos todas as nossas decisões e indecisões!

Sentimos que estamos a crescer e mete medo, de repente nada do que nos diziam que ia acontecer com X idade (ou até que nós planeávamos para nós mesmos) é verdade. Não nos faz sentido, não nos faz feliz...e agora?

Para uns esta fase poderá ser um motivo de grande felicidade, para outros uma fase bastante dolorosa, cada pessoa sente tudo de maneira diferente e de acordo com as suas próprias vivências. No meu caso, acho que estou no meio termo.

Chego aos 28 anos e sinto que a ficha caí, que sinto a necessidade de criar limites, de largar tudo o que não me faz falta, de agarrar com unhas e dentes tudo o que me faz evoluir.

Embora a vida não tenha mudado de um dia para o outro, parece que o dia de aniversário me traz responsabilidades acrescidas. É a altura de resolver tudo o que há para resolver e que foi acumulado ao longo dos meus 28 anos de existência.

Foram TANTOS os pensamentos aleatórios que me "atormentaram" nos dias antes de completar o meu aniversário, que achei até de certa forma engraçado partilha-los convosco alguns e 

  1. Passaram 10 anos e eu nem os vi passar!
  2. Nunca plantei uma árvore, não comprei uma casa, não escrevi um livro, não me licenciei, não estou casada, não tenho filhos...
  3. O que será realmente o emprego dos meus sonhos? O que eu quero fazer para o resto da minha vida?
  4. Não vou aceitar todos os convites só para parecer bem, já sou uma pessoa com uma certa idade para fazer isso!
  5. Acho que já tenho rugas e/ou linhas de expressão.
  6. Será que já deveria ter a vida "em ordem"?
  7. Porque perdi eu tanto tempo com coisas (e pessoas!) parvas?
  8. Onde eu estava com a cabeça quando queria ter mais anos?
  9. Bem, dizem que a idade é só um número...certo?!
  10. O que eu fiz de bom nestes meus últimos anos?
  11. Quantos anos as pessoas me continuaram a dar? Será que o meu corpo vai mudar mesmo?
  12. Tanto sofrimento que já passei por coisas (e pessoas, novamente!) que não mereciam!
  13. Então mas com 28 anos ainda nascem borbulhas?!
  14. Devia ter adquirido hábitos mais saudáveis, agora é uma chatice mudar isto!
  15. Será que se vende potes de paciência? O meu ficou vazio, ela evaporou-se!
  16. Este ano é que vou poupar imenso dinheiro!
  17. Devo começar a pensar já nos 30? O que devo eu de cumprir até lá?
  18. Que pena não voltar atrás e ir dar uns conselhos a mim mesma para não ter tomado certas decisões.
  19. Devo ter tido algum problema de amnésia porque já não me lembro de tanta coisa passada
  20. Será que está na hora de fazer uma transformação radical?

Por favor, digam nos comentários se também já passaram por isto para não me sentir sozinha :D hehe

Identificam-se com algum destes pensamentos?

Sinto que quero muito mais do que já conquistei até aqui, não que tenha sido muito ou pouco, apenas quero mais!!!

6 comentários :